Lo Borges – Trem De Doido Lyrics

[Verso]
Noite azul, pedra e chão
Amigos num hotel
Muito além do céu
Nada a temer, nada a conquistar
Depois que este trem começa a andar, andar
Deixando pelo chão os ratos mortos na praça
Do mercado

[Refrão]
Quero estar onde estão
Os sonhos desse hotel
Muito além do céu
Nada a temer, nada a combinar
Na hora de achar o meu lugar no trem
E não sentir pavor dos ratos soltos na praça
Minha casa

[Ponte]
Não precisa ir muito além dessa estrada
Os ratos não sabem morrer na calçada

É hora de você achar o trem
E não sentir pavor dos ratos soltos na casa
Sua casa

[Refrão]
Quero estar onde estão
Os sonhos desse hotel
Muito além do céu
Nada a temer, nada a combinar
Na hora de achar o meu lugar no trem
E não sentir pavor dos ratos soltos na praça
Minha casa

[Ponte]
Não precisa ir muito além dessa estrada
Os ratos não sabem morrer na calçada
É hora de você achar o trem
E não sentir pavor dos ratos soltos na casa
Sua casa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *