Sara Pi – A Vida Inteira Lyrics

Eu quero o samba da mangueira
No esplendor do carnaval
O belo canto da sereia
No mar azul do catimbau

O meu amor a vida inteira
A lua cheia no pontal
A ardentia a correnteza
A marê cheia o vendaval

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou

Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

De peito aberto vem que tem
Vem zamba bem
Que seja eterno enquanto dure todo o amor de quem tem
Samba no pé, quem ginga de verdade
Quem sabe que a verdadeira felicidade
Não tá lá fora, ta aquí dentro
Em cada átomo do meu ser que é um fractal de todo o firmamento
Se penso e logo existo
Só no silencio mesmo pra entender tudo isso, então…
432 é a hora da verdade
De cada sonho se tornar realidade
Como num salto quântico num movimento mântrico
De todo o universo, imerso, verso sobre o infinito
E acredito que o essencial na vida aos olhos é invisível
Como o amor que sinto por tudo que tenho, que vivo contigo
Agora a vida faz sentido
Eu quero o Rio de Janeiro
O oceano abissal
O atabaque o pandeiro
A capoeira regional

O meu amor a vida inteira
A lua cheia no pontal
A ardentia a correnteza
A marê cheia o vendaval

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou

Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Atê o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou
Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

Eu vou que vou nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou que vou nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou
Eu quero o samba da mangueira

No esplendor do carnaval
O belo canto da sereia
No mar azul do catimbau

O meu amor a vida inteira
A lua cheia no pontal
A ardentia a correnteza
A marê cheia o vendaval

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou
Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

De peito aberto vem que tem
Vem zamba bem
Que seja eterno enquanto dure todo o amor de quem tem
Samba no pé, quem ginga de verdade
Quem sabe que a verdadeira felicidade
Não tá lá fora, ta aquí dentro
Em cada átomo do meu ser que é um fractal de todo o firmamento
Se penso e logo existo
Só no silencio mesmo pra entender tudo isso, então…
432 é a hora da verdade
De cada sonho se tornar realidade
Como num salto quântico num movimento mântrico
De todo o universo, imerso, verso sobre o infinito
E acredito que o essencial na vida aos olhos é invisível
Como o amor que sinto por tudo que tenho, que vivo contigo
Agora a vida faz sentido
Eu quero o Rio de Janeiro
O oceano abissal
O atabaque o pandeiro
A capoeira regional

O meu amor a vida inteira
A lua cheia no pontal
A ardentia a correnteza
A marê cheia o vendaval

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou

Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Atê o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba vou que vou
De verde e amarelo vou

Eu vou eu vou

Eu vou que vou
Nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou, eu vou, eu vou

Eu vou que vou nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Eu vou que vou nesse teu samba soul
Até o sol raiar eu vou

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *